CAVAR UM BURACO NÃO VER O BURACO
2018
show Luana Carvalho + Pedro Luis
2017
Publicação no Mulheres que escrevem
2017
Queridas poetas lésbicas
2017
mesa de poesia - flip 2017
2017
nunca aprender a falar
2017
alto-mar
2017
exposição A grande hora 3:33
2017
exercício para 2 a 17 mamíferos
2017
cadernos do CEP - volume 1
2017
Isso que é raro mas pode acontecer em alguns invernos
2017
jogo, continente
2017
palavra íma
2017
tenho tirado retratos de mim
2017
não tem nada que seja ou não fique vermelho
2017
Ocupação artística - Que legado
2017
Mesa de poesia na Travessa
2017
Extensão 411
2017
Em que pensaria quando estivesse fugindo
2017
As coisas também querem
2016
fotografia
2016
já não faltam dedos
2017
CEP 20.000
2017
Bando Recíproco
2017
carta acesa sobre livro
2017
MÁQUINAS
2016
OLHO
2017
móvel
2016
anúncio
2016
O peso da palavra
2016
se o vaso é concreto
2016
depoimentos
2016
guardanapos poéticos
2016
Estudos para o que pensaria quando estiver fugindo
2016
meridiano de greenwich
2016
Caixa de Mudança
2016
164 circular
2016
sinal vermelho
2016
expo DA URGÊNCIA DE CADA UM
2016
CARIMBARIA
2015
outros desenhos
2016
desdobradura
2016
bicho-folha
2016
mostra sobrecidade
2016
delimitações espaciais_exercício 01
2016
comandos
2016
fotografia de processo
2016
TODA POESIA
2015
raízes
2016
desenho
2016
poema de abrir
2015
caderno, colagem
2016
capa de corpo
2016
humano
2016
cacofonia
2015
do sentimento da rua
2013
produto interno bruto
2016
exame de rotina
2013
TEDXPUCRio
2013
linha do corpo
2011
poesia (s)em filtro
2012
concerto de cultura urbana
2012
nuvem opaca
2012
Back to Top